Páginas

Uma família para lá de maluca

01 abril 2015 Nenhum comentário

Música do dia: Goodnight Goodnight - Maroon 5
A revolução que nunca cessa em nossas mentes é apenas uma amostra dos ideais do nosso futuro. — Elisa Bartlett

Esse final de semana tive a oportunidade de assistir o filme que tanto queria. Uma verdadeira comédia. Também não é para menos, com o Billy Crystal como o vovô fora de moda, não podia ser diferente...

Basicamente a comédia narra a história enrolada de uma família que se encontra a beira do caos e do apuro. Como podia ser diferente se Artie acaba de se ver desempregado, do emprego que tanto amava e que tinha sido tudo o que fez sua vida inteira? Ainda mais quando sua única filha, que vive distante dos pais, por causa da diferença de ideias de criação dos seus filhos, e também por questões antigas de sua própria criação; precisa dos mesmo para poder viajar um pouco com o marido, uma oportunidade única também para o emprego dele...
A filha só de imaginar a situação tem um ataque alérgico, o que mostra o quão traumatiza estava sua relação com os pais. E isso a mãe da jovem tem percebido, ao passo em que eles são os avôs afastados, os paternos são presentes constantemente, e tem o carinho de todos. Isso gera na mesma uma certa necessidade de ser a vó mais legal para aquelas 3 pobres crianças, que em poucos dias passam por um caos que os orienta novamente. No começo pensamos até que tudo está perdido, e que alguém provavelmente sairá sem um olho dessa história, mas é divertido ver como eles se encaixam nas situações bizarras, e totalmente possíveis, que uma família poderia enfrentar.
Eles passam por conflitos e cada um, ao seu modo, aprende a lidar com a realidade e a se desenvolver; desde o caçula hiperativo, até a mais velha, que tem a mente de uma adulta.
É um filme emocionante, que nos faz repensar nossa convivência com nossos familiares. Amanhã pode sim ser tarde demais; e nada mais amargo do que o arrependimento e a falta de tempo. Artie aprende a ser pai novamente, sendo avô; se torna um esposo novamente, e se redescobre em novos sonhos, que são transformados dos antigos que não puderam ser realizados. Ele aprende com cada neto algo importante.
O filme é uma comédia que levanta sutilmente críticas fortes, sobre educação, família, relações, princípios... Sem perder o lado risonho de tudo, e muito menos a certeza que tudo pode acabar dando errado, mas que até o errado tem um ponto bom... Resta-nos saber lidar com isso e transformar o que temos, no melhor que podíamos ter.
Abaixo segue o trailer do filme, talvez vocês se interessem...
Uma família em apuros (2013)
.
 
Desenvolvido por Michelly Melo.