Postagens Pop

Sabe do que eu mais gosto no mundo?

30 maio 2016 Nenhum comentário

“Sou uma carta gigante, chata, cheia de erros, longa demais, muito complicada.”

— Tati Bernardi 
Querida Eu de 5 segundos atrás,
Sabe o que eu mais gosto no mundo? No universo... Daquelas pessoas. Você deve estar se perguntando, ou buscando na memória; que pessoas? Aquelas! Aquelas lá. Que não saem da sua cabecinha moça de 20 e poucos anos; que inspiram, e dançam livremente ao som de One Way Love da Hyolyn (só na sua imaginação mesmo...).

Achei o que faltava, achei em você, todos os motivos para achar essas pessoas. Pessoas corajosas com medo arrebatadores. Contradições em sua própria existência. Essas pessoas são inspiradoras, não? Tem uma pedacinho de você em cada uma delas; ou seria o contrário?
Sempre que se sentes sozinha você pega um punhado de travesseiros e os assiste, loga e os visita; rompe em lágrimas de relações não vividas. Você simplesmente vive sem sair do lugar. Tem inspiração maior?

Eles te abrem os olhos, embelezam os sonhos, e te lançam ao mundo das oportunidades. Mais da metade dessas pessoas sequer existe fisicamente. São mais fortes do que as de carne e osso, mais literárias do que os livros de Machado de Assis, e olha que você é fã de Dom Casmurro.

Oh doce menina, que sente com os olhos e chora com o coração; de vidas que não são suas, e de pessoas que não são você. Mas sorri e ri leve, livre e solta; como se tivesse vivido 80 anos em 1 único; que bom que sorriste, assim começas a trilhar seus próprios dramas, que sejam belos. Que tenha riso, que tenha dor; fazer o que? Faz parte do meu show.

Seu futuro é brilhante! Posso te assegurar, e se ainda assim não acreditas... Aliás, está sempre a duvidar... Conto-te um segredo, daqueles que enredam seu drama favorito da SBS; você vai sorrir, eu me encarrego disso, como se minha vida dependesse somente disso... Não vai mais precisar imaginar como são os problemas dos seus personagens vívidos, vai viver cada um dos seus próprios; sem perder a decência ou a alegria.

E embora eu te prometa tudo, um mundo só nosso; não se iluda, não espere muito de mim; não lido bem com pressões. E se ficar muito difícil recorra a si mesma, não sou boa com lutos alheios, já adianto. E se ainda assim doer a alma, ligue naquelas pessoas, só olhe elas, só escute-as; entre as frases bonitas, beijos roubados, e cenas de cinema; vai encontrar a motivação e as soluções que precisa. Porque na sua vida tudo é assim. Nada é mais lindo do que a própria vida; como suportar seus problemas sem mais doses de vidas? Daquelas pessoas, aquelas que te ajudam a superar dias fáceis, e os mais difíceis. Tudo é uma questão de convivência, não? Você agora entende a todos eles, inclusive os que não são claros; eu também aprendi a te entender e a te querer. 

Não morras antes de mim. Não fuja antes que eu chegue. Fica e espera um pouco. Essa angústia vai passar. Eu te juro. Porque nada é mais certeiro do que eu, mesmo que não consiga me imaginar ainda. Consegue aguentar só mais uns instantes, a cada instante? Só para me ver sorrir, e ai você sorri para mim, e ficamos bem; que tal? Você já resolveu problemas de física bem mais difíceis...
 

Uma advogada para lá de especial! - Prosecutor Princess

21 maio 2016 2 comentários
 
Acredito que boa parte do que vivemos ou esperamos viver depende da pessoas que escolhemos para estar ao nosso lado.  - Bia
Hoje venho falar de um dorama que me cativou loucamente. Faz uns meses que eu terminei de assitir, foi bem no comecinho desse ano; mas ainda estava muito vívido tudo o que eu vi acontecer. Prosecutor Princess é o tipo de dorama que não tem como te decepcionar, o elenco é perfeito, o enredo não é clichê (pelo menos não tanto), tem certo suspense e mistério; e um punhado de lições de moral e vida para gente viver um pouquinho melhor, nesse mundo tão inóspito. Eu o amei desde o primeiro episódio, e olha que eu fui cheia de expectativas porque os protagonistas estão estre os meus atores favoritos!
 
Mas vamos ao dorama... Prosecutor Princess conta a história de Ma Hye Ri (Kim So Yeon) é a filha de uma família rica e seu pai autoritário a força a seguir a mesma carreira do que ele, tornando-a uma promotora. Mas isso só é possível pois essa mulher tem uma série de capacidades e habilidades para tal feito, que a permite passar sem grandes esforços nos exames da Ordem para promotoria; mas tem um ponto sobre ela que dificulta sua relação com a profissão: ela prefere, e vive, a moda. E também não é nada fã de trabalho duro, tendo dificuldades de entendimento.
 
 


Ao começar a trabalhar, ela já tem se envolvido em N situações confusas e comprometedoras. Mas mesmo assim ela vai rumo aos primeiros dias de emprego, como realmente é, vestido, saias, a moda pura escancarada em um lugar onde os terninhos dominam.

Durante toda o drama você percebe uma grande evolução de todos os personagens; aqueles que eram muito eficazes em seus afazeres profissionais, passam a olhar mais para si; e os que nada conseguiam fazer direito, ganham experiências essenciais que os complementam; e é impossível não se sentir orgulhosa!
Prepare-se para se apaixonar pelos personagens, pois esse dorama soube escolher bem; a começar pelos protagonistas, como resistir ao charme da  e do Park Shi Hoo , que vai interpretar o misterioso advogado Seo In Woo que entra na vida de Ma Hye Ri de forma suspeita.
 
  
Mais suspeito ainda se torna a relação deles... Ao mesmo tempo que você o vê como protetor e instrutor dela; também o vê como possível ameaça. Pois pessoas muito inteligentes e ressentidas, tendem a ser uma ameaça em potencial e camuflada. Mas como não torcer para o bem dele? Com os episódios você vai percebendo o porquê de suas ações e o quanto ele ainda sofre por algo que ocorreu no passado, e marcou tanto ele, quanto Ma Hye Ri, que não sabe de nada dessa confusão toda.

Mais surpreendente ainda é perceber que Ma Hye Ri se transforma em uma mulher invejável e uma profissional respeitável; mesmo depois de todas as dificuldades que os seus casos com promotoria a fizeram passar.
 



 

 

 
Ainda preciso mencionar a comédia inerente do dorama! As reações dos personagens são as melhores; a mãe de Ma Hye Ri é hilária, e uma grande companheira da filha, ao contrário do que se pensa por sua submissão aparente! Não tem como ficar entediada, mesmo o foco do dorama ser o tema da advocacia, e como a promotoria funciona (de uma forma muito muito superficial...).
 

 
 

 

Outro ponto importante é falar sobre o misterioso e gentil Seo In Woo, que é simplesmente apaixonante! Mas o bichinho chora... Chora no começo, no meio e no final. É de cortar o coração... Mas mesmo sofrendo, passando pro momentos difíceis e complicados, ele continua extremamente estiloso e talentoso. Ele sabe bem fazer o seu trabalho, e tem um senso de justiça muito forte em tudo o que faz; o que justifica seus atos.
 

 

 
 
A relação dele com a Ma Hye Ri é linda! Começa do nada, de um absurdo; e vai evoluindo conforme ele ganha sua confiança e se encanta pela desastrada promotora. É incrível ver como ele tenta protegê-la, inclusive dele mesmo em alguns momentos, quando a situação fica mais complicada e arriscada. Ele oscila muito nos tratos com ela, sempre para o melhor para os dois, doesse o quanto fosse doer!
 
Agora o que não posso negar é que a Jeni Ahn (Park Jung Ah) é uma concorrente a altura para atrapalhar tanto Ma Hye Ri, quanto o próprio companheiro de longa data Seo In Woo. Desenvolvi uma relação de amor e ódio quanto a ela, mas no final a simpatia para com ela ganhou! Ela é um personagem incrível e muito importante para trama toda, faz parte da história do Seo In Woo e acaba por fazer parte da de Ma Hye Ri também. Deêm uma chance a ela...
 
Já quanto a OST, vou dar ênfase a três músicas apenas, embora a OST tenha me agradado muito... Mas essas músicas não saem da minha cabeça, e playlist do celular, durante todos esses meses; e eu sempre as ouço indo para a faculdade haha São letras que combinam perfeitamente com a história do drama, e embeleza a relação desses dois profissionais que servem a justiça!
Então, o que acharam desse dorama? Tem potencial, não? Alguém daqui já o assistiu ou ouviu falar?? Conte-me o que acha, e se tiver alguma indicação de dorama, estou esperando ansiosamente!

Título: Prosecutor Princess
Gênero: Comédia, Romance, Crime, Mistério, Drama
Episódios: 16
Emissora: SBS
Exibição: 2010
Classificação:  

 
Desenvolvido por Michelly Melo.