Postagens Pop

Um sopro de vida. Uma estrela que brilha no céu!

12 janeiro 2017
Temos de ver todas as cicatrizes como algo belo. Combinado? Este vai ser o nosso segredo. Porque, acredite em mim, uma cicatriz não se forma num morto. Uma cicatriz significa: “Eu sobrevivi.” — Caio Fernando Abreu.
Hoje vai ser um desabafo, um pouquinho da dor que senti, pois hoje o dia ficou bem mais nublado, soube que uma menina morreu, mais uma vítima da crueldade do padrões de beleza das sociedades, mas uma jovem que teve sua vida usurpada por pessoas perdidas e padrões distorcidos e manipulados. Dói muito saber que ainda há pessoas que sofrem anos e anos nessa rede horrorosa, esse massacre (que insiste em tentar ser silencioso) que essas pessoas acabam por perder suas forças, que acham que não são suficientes, que não merecem estar no mundo... Que absurdo! Que atrocidade! Estão matando pessoas lindíssimas por mero capricho e desdém. E o pior é que ainda estamos calados sobre isso, ainda somos espectadores desse show de horror; sem querer, muitas vezes, ainda reforçamos tais preceitos...

Hoje, novamente minhas expectativas foram confrontadas, foram sacudidas; será que o humano tem salvação? Será que ainda vale a pena tentar fazer daqui um lugar melhor para se viver? Será que eu ainda valho a pena estar aqui? Levei uns tapas na cara para ver se me mexo, para ver se não perco mais tanto tempo paralisada.

E mais uma vez, pessoas como a jovem Lee Yei me fazem lembrar de que é preciso estar aqui, que não podemos nos ausentar, é preciso não se calar, é preciso lutar por um mundo e lugares melhores, mais dignos; é preciso não desistir das pessoas... Para que isso não volte a se repetir (embora saibamos que vai continuar se repetindo por muitas vezes mais, que isso tudo foge ao nosso controle), mas que precisamos continuar tentando, transbordando o mundo com o que há de melhor, nos transformando no melhor que podemos ser, aceitando os outros (e que não seja só da boca pra fora...). Aceitar que cada sopro de vida é único, especial e essencial, porque de fato o é. Milhões de vezes ao dia, matam pouco a pouco mais um futuro: poeta, médico, músico, sonhador; matamos com palavras, com ações, com violência, com o desdém, com o nosso lado mais cruel. Há quem sufoque os outros e suas esperanças, para que assim se ganhe estabilidade, ou por puro prazer. É tentativa de assassinato toda e qualquer violência contra uma vida, seja do que/quem for. 

Ela se foi pensando e sofrendo com um mundo duro e cruel, vendo o lado mais feio do ser humano; mesmo que ela tivesse os meninos (BTS) como suporte nas suas horas mais difíceis e alegres (como acredito que tinha), mesmo com todo o amor que tinha pelo J-Hope, ela se foi muito ferida, acredito eu. Ouso imaginar o rombo que fizeram em sua infância e adolescência, lhe roubaram seus direitos, seus dias, suas histórias, seus amores, suas futuras amizades, suas horas, seus prazeres, suas lembranças, suas oportunidades e suas possibilidades, seu presente e futuro; e estão soltos, cometendo os mesmo erros e crimes com mais pessoas.

Espero do fundo de coração que Lee tenha tido alguém que estivesse ao seu lado, dizendo que ela era linda, porque estava viva, porque respirava, porque tinha J-Hope em seu coração, porque acreditava em dias melhores (porque quem conhece, ama, segue e admira os meninos do BTS sabe/sente que basicamente tudo gira em torno de ACREDITAR, acreditar em dias melhores, em si mesmo, em um mundo melhor, não desistir, em superação...) Espero que alguém tenha segurado forte sua mão e feito sua alma um pouco mais feliz, que a tenha abraçado e dito o nome dela de um jeito fofo que a fez sorrir, que tenha levado ela para comer algo delicioso pelo simples prazer da sua companhia, alguém que a tenha amado por tudo o que ela era e como era. Espero que ela tenha tido alguém do seu lado, ajudando ela a segurar a barra que foi viver.

Hoje não é apenas um fandom que chora, é todo mundo que tem um coração e consciência do que está acontecendo no nosso mundo, que está de luto. É um luto por uma menina de pouco mais de 15 anos, luto por mais um pedacinho de nós ter ido embora junto dela. E do fundo dos nossos corações nós esperamos que Lee esteja bem, que isso não se repita, que parem de fazer as pessoas sofrerem, nós esperamos que Lee saiba que foi amada, que agora tem muita gente chorando por ela (sem nem conhecermos ela), esperamos que onde quer que ela esteja, que ela finalmente realize seu desejo de se aproximar como ela é/era do seu ídolo J-Hope, e que ela não desista de brilhar; pois ela ficou em cada um que se compadeceu por ela e sofreu pelo que aconteceu.

Vamos combinar assim, você vai ser o melhor que você pode ser, mesmo que não acredite que vai mudar o mundo (pois eu acredito que você pode sim, mudar é algo que acontece a nível discreto também); você vai pensar duas vezes antes de agredir alguém com palavras, vai lembrar de que "Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil!" (Fonte: Extraordinário). Combinado? Acredito em você, e quero que venha com a gente, para que construamos um mundo melhor, que tenha espaço para todos, para todos nossos sonhos, para tudo o que nos é de melhor... Não podemos desistir do nosso lado mais belo, do melhor que temos/somos. Vou fazer por mim, por cada pessoa que conheço e que quero conhecer, e agora por Lee também!

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.